Amazonas segue em alerta para sarampo; estado registrou surto em 2018

Apesar de a situação estar sob controle, o estado do Amazonas continua em alerta em relação ao vírus do sarampo.

 

É o que informa a Secretaria estadual de Saúde, ao lembrar que, no ano passado, a região enfrentou um surto da doença, com 265 casos.

 

Agora em 2019, o Amazonas teve quatro casos confirmados, no primeiro semestre: três em Manaus e um em Coari.

 

O alerta é que a redução de mais de 90% em relação ao ano passado não significa que o risco de novo surto foi descartado.

 

A Fundação de Vigilância em Saúde destaca que a forma mais eficaz de proteger contra esses riscos é a vacina. E para isso, basta a população procurar um posto de vacinação na capital e no interior do Estado. As doses estão disponíveis para qualquer pessoa entre seis meses e  49 anos de idade.

 

Quem apresentar manchas vermelhas na pele, seguidas de febre, deve procurar uma unidade de saúde, para tomar o bloqueio vacinal e evitar que o vírus se espalhe.

 

No surto do ano passado, 88% das crianças de seis meses a um ano foram vacinadas no estado do Amazonas. Mas, o ideal é uma cobertura de 95%, para garantir a proteção de toda a população.

 

Fonte: Rádio EBC