Apagão maciço atinge Panamá a três dias da chegada do Papa

<p>Um apagão maciço foi registrado no Panamá neste domingo, três dias antes da chegada do Papa Francisco por ocasião da Jornada Mundial da Juventude-2019, confirmaram autoridades.</p><p>Comércios sem luz e semáforos inativos dominavam a Cidade do Panamá por volta do meio-dia, segundo um jornalista da AFP no local. As operações do metrô foram interrompidas e as estações, esvaziadas.</p><p>”Apresentou-se um evento no sistema integrado nacional que afetou o serviço de energia elétrica em vários setores do país. As equipes estão trabalhando para restabelecer o serviço o mais rapidamente possível”, informou a Empresa de Transmissão Elétrica, S.A. (Etesa) no Twitter.</p><p>Sem definir as causas da falha elétrica, a Etesa havia apontado que o serviço começou a ser restabelecido “paulatinamente”.</p><p>No entanto, pouco depois, a companhia afirmou que um incidente elétrico em um segundo país, Nicarágua, fez com que se perdesse “a carga que havia sido recuperada”. Não deu maiores detalhes sobre o ocorrido.</p><p>Apesar do corte de energia, o aeroporto internacional de Tocumen e o Canal do Panamá mantiveram suas operações.</p><p>Domingo Espitia, coordenador das forças de segurança panamenhas por ocasião da visita de Francisco, afirmou que “todos os planos de contingência previstos” foram ativados com sucesso perante o incidente, e que o país está preparado para lidar com este tipo de situação.</p><p>Em sua 26ª viagem desde que foi nomeado Papa, no início de 2013, com 40 países visitados, Francisco estará no Panamá de quarta-feira até o próximo domingo, 27 de janeiro.</p><p>Trata-se da primeira visita de um pontífice ao país caribenho desde 1983, quando João Paulo II fez uma viagem pela América Central.</p><p>Espera-se a participação de ao menos 200.000 peregrinos procedentes de 150 países durante a Jornada Mundial da Juventude.</p><p> * AFP </p><!– contentFrom:cms –>
Fonte: Diário Catarinense