Atiradores assassinam paciente dentro de hospital no Rio Grande do Sul

Atiradores assassinam paciente dentro de hospital no Rio Grande do Sul
<p>Um paciente de um hospital de São Leopoldo, no <strong>Rio Grande do Sul</strong> , foi assassinado a tiros por volta das 4h desta sexta-feira (9). Conforme a assessoria de imprensa da instituição, a vítima estava na ala cirúrgica quando foi atacada a tiros. O ataque deixou mais um paciente e uma acompanhante dele feridos nas pernas. </p><p>Segundo a assessoria do Hospital Centenário, os bandidos invadiram a unidade de saúde pela portaria do pronto-socorro e foram rendendo funcionários e vigilantes, apontando armas e mandando ficarem quietos. Câmeras de segurança flagraram toda a ação dos criminosos e mostram eles portando armas longas. A Polícia Civil confirma que os atiradores usaram fuzis e pistolas. </p><p>A vítima foi identificada como Gabriel Vilas Boas Minossi, de 19 anos, segundo a Polícia Civil. A Delegacia de Homicídios do município afirma que a investigação até o momento aponta que os atiradores queriam matar outra pessoa que estava internada no hospital, um homem que tem duas passagens em sua ficha criminal por homicídio e saiu do sistema prisional há 10 dias. </p><p class=”embed-content”> </p><p>Segundo o delegado Alexandre Quintão, da Delegacia de Homicídios de São Leopoldo, 20 tiros foram disparados dentro do hospital. Os bandidos teriam fugido em um Ford Focus prata, que estava estacionado na entrada da emergência. Eles não foram encontrados nas buscas da Brigada Militar (BM),  a polícia militar gaúcha. </p><p>Por volta das 8h, a Polícia Civil e a BM ainda estavam no local do crime. Conforme apurou a reportagem da <strong>GaúchaZH</strong> assessoria de imprensa do Centenário confirma que o hospital está aberto e recebendo pacientes normalmente.</p><p> <strong>Leia mais notícias no Diário Catarinense </strong> </p><!– contentFrom:cms –>
Fonte: Diário Catarinense