Audiências de verificação das urnas ocorrem a partir do dia 20 em SC

Audiências de verificação das urnas ocorrem a partir do dia 20 em SC
<p>O Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE-SC) inicia no dia 20 de setembro as audiências públicas de preparação para o primeiro turno das Eleições 2018. Seguindo a resolução do TSE para este pleito serão realizadas nove encontros abertos em cada uma das 105 Zonas Eleitorais catarinenses. A primeira ocorre em Tijucas, quando será realizada a verificação da geração de mídias das urnas eletrônicas.</p><p>Partidos políticos e coligações, o Ministério Público e a Ordem dos Advogados do Brasil são oficialmente notificados, e as reuniões são abertas à imprensa e aos cidadãos.</p><p>As datas de todas as audiências nas Zonas Eleitorais do Estado podem ser conferidas  aqui . </p><p><strong>Leia também:</strong> <strong>Urna eletrônica completa 22 anos sem registros de fraudes</strong> </p><h2><strong>Etapas de verificação</strong></h2><p>Na primeira audiência, os auditores examinam os dispositivos utilizados para carga de urna, votação, ativação de aplicativos e a gravação do resultado. As seguintes são de preparação das urnas e a conferência visual: inspeção física nos equipamentos e também nas configurações que aparecem na tela. </p><p>Depois são mais três etapas nos dias que antecedem a votação: Verificação Final, Votação Paralela e Oficialização de Gerenciamento.</p><p>No dia do primeiro turno, 7 de outubro, são feitas mais duas audiências. A de Carga de Urna, às 5h, e a Auditoria da Seção Eleitoral, às 7h (serão oito seções auditadas no Estado todo, que serão sorteados no dia anterior conforme resolução do TSE).    </p><p>As últimas cerimônias relativas ao 1º turno ainda ocorrem nos dias seguintes ao pleito. É quando são realizadas as audiências de verificação dos lacres.</p><p><strong>Veja mais:</strong></p><p> <strong>Mulher não entregou a um homem a faca usada pelo agressor de Bolsonaro </strong> </p><p> <strong>Saiba como funcionam as casas do Legislativo, essenciais para o governo aprovar seus projetos</strong> </p><p><br></p><!– contentFrom:cms –>
Fonte: Diário Catarinense