BC da Turquia promete usar "todos os instrumentos" para manter estabilidade

<p>O Banco Central da Turquia disse hoje que irá monitorar de perto as oscilações e formações de preços “não saudáveis” nos mercados financeiros e voltará a agir se necessário, num momento em que a lira turca se recupera ante o dólar depois de sofrer forte queda na última sexta-feira (22).</p><p>Em comunicado, o BC turco afirmou que irá “usar todos os instrumentos de política monetária e de gestão de liquidez” para manter a estabilidade dos preços e sustentar a estabilidade financeira, caso haja necessidade.</p><p>Às 9h55 (de Brasília), o dólar se enfraquecia a 5,6618 liras turcas, de 5,7731 liras no fim da tarde de sexta-feira em Nova York.</p><p>Na sexta, a moeda turca sofreu um tombo de mais de 5% frente ao dólar, registrando sua maior perda desde a crise cambial de agosto do ano passado, em meio a temores de liquidação em mercados emergentes e preocupações com tensões entre Estados Unidos e Turquia.</p><p>No fim da semana passada, o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, disse que o apelo do presidente dos EUA, Donald Trump, para o reconhecimento da soberania de Israel sobre as Colinas de Golã levou a região à beira de uma nova crise.</p><p>Também na sexta, o BC da Turquia apertou sua política monetária ao suspender um leilão de contratos de recompra de uma semana, numa tentativa de elevar o custo de financiamento médio dos bancos e sustentar a lira.</p><p>O regulador bancário turco Informou no sábado que lançou uma investigação sobre o JPMorgan no dia anterior que causou volatilidade nos mercados financeiros e outra sobre suposta iniciativa de bancos não identificados para causar a queda da moeda turca.</p><p>No fim de semana, Erdogan disse que os responsáveis no setor financeiro por comprar moedas estrangeiras com a expectativa de que a lira caia pagarão “um preço muito alto”. Fonte: Dow Jones Newswires.</p><!– contentFrom:cms –>
Fonte: Diário Catarinense