Chapecoense aposta em estreia de técnico contra o Cruzeiro e manter luta pela permanência

Chapecoense aposta em estreia de técnico contra o Cruzeiro e manter luta pela permanência
<p>A esperança da Chapecoense em permanecer na Série A de 2019 fará sua estreia neste domingo, fora de casa, diante do hexacampeão da Copa do Brasil, o Cruzeiro. Apesar de não ser o treinador dos sonhos da torcida do Verdão, foi em Claudinei Oliveira que a diretoria do clube apostou para salvar o time, que entra em campo às 19h, na Arena Independência, em Belo Horizonte. </p><p>A boa campanha no Avaí em 2016, com o acesso para a Série A, foi o principal cartão de visita. Mas as passagens por Sport e Paraná neste ano não foram boas. O treinador disse acreditar no grupo da Chapecoense e no seu trabalho.</p><p>– Não sou de me omitir, sempre tive coragem. Não tenho medo de colocar minha cara para bater, nem só os heróis voltam da guerra – disse o novo treinador.</p><p>Claudinei afirmou que vai usar informações repassadas pela diretoria e funcionários do clube para montar o primeiro time. A ideia é não alterar muita coisa, para não afetar o entrosamento. Diante do Cruzeiro, contará com os retornos dos laterais Eduardo e Bruno Pacheco, que estavam suspensos. </p><p>Mais do que conceitos táticos e qualidade técnica, o técnico acredita que o bom relacionamento do grupo é um dos segredos para atingir o objetivo.</p><p>– Falei para eles esquecerem as vaidades. Aqui não tem eu. A palavra agora é nós – declarou.</p><p>Além de um possível efeito “ressaca” no Cruzeiro por causa da conquista da Copa do Brasil, a Chapecoense conta com um bom histórico diante dos mineiros em Belo Horizonte.  Em quatro jogos pelo Brasileirão foram duas vitórias da Chapecoense, além de um empate sem gols e uma derrota.</p><h2>FICHA TÉCNICA</h2><p><strong>CRUZEIRO<br></strong>Fábio; Edílson, Dedé, Léo e Egídio; Ariel Cabral, Henrique, Robinho, Thiago Neves e Arrascaeta; Barcos. <strong>Técnico:</strong> Mano Menezes. </p><p><strong>CHAPECOENSE<br></strong>Jandrei; Eduardo, Thyere, Douglas e Bruno Pacheco; Amaral, Barreto, Cantero, Diego Torres e Doffo; Leandro Pereira. <strong>Técnico:</strong> Claudinei Oliveira.</p><p><strong>ARBITRAGEM: </strong>Raphael Claus, auxiliado por Danilo Manis e Rogério Zanardo (trio de SP).<br><strong>DATA E HORÁRIO:</strong> domingo, às 19h.<br><strong>LOCAL:</strong> Arena  Independência, em Belo Horizonte.</p><p><strong>Leia mais notícias sobre a</strong> <ins><strong>Chapecoense</strong></ins> </p><!– contentFrom:cms –>
Fonte: Diário Catarinense