Decisão do BC de manter juro deve estimular banco a cortar taxas, diz Moody's

<p>A decisão hoje do Banco Central de manter a taxa básica de juros no Brasil na mínima histórica de 6,5% deve estimular os bancos a reduzirem as taxas para os clientes, pois os custos de captação das instituições financeiras tendem a diminuir, avalia a agência de classificação de risco Moody’s. “A continuidade da demanda limitada por crédito provocará uma redução gradual do ‘spread’ bancário à medida que a concorrência entre as instituições se intensifica”, afirma em nota a diretora-gerente da Moody’s para bancos nas Américas, Celina Vansetti-Hutchins.</p><!– contentFrom:cms –>
Fonte: Diário Catarinense