Eduardo Bolsonaro rebate crítica de Malafaia: 'já trabalhei como imigrante'

<p>O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente da República, recorreu ao Twitter para responder às críticas feitas a ele pelo pastor evangélico Silas Malafaia.</p><p>”Se o senhor parasse de se informar pela extrema imprensa também ajudaria”, escreveu Eduardo, referindo-se ao líder religioso. Malafaia havia tuitado que Eduardo “ajudaria muito mais parando de falar asneira”. A crítica de Malafaia ao deputado surgiu de uma fala do parlamentar na qual afirmou que brasileiros que estão ilegalmente nos Estados Unidos são motivo de vergonha nacional.</p><p>Malafaia havia tuitado que brasileiros ilegais “em nações poderosas” não são “vagabundos nem pilantras, pelo contrário, trabalhadores que foram tentar a vida fugindo do desemprego”. Na resposta ao pastor, Eduardo lembrou que também já trabalhou nos Estados Unidos “lavando pratos com mexicanos e peruanos numa cozinha cercada de neve” nos Estados do Maine e Colorado. “Sei como é”, escreveu Eduardo.</p><p>O deputado, no entanto, ainda agiu com deferência em relação a Malafaia. “Mas te entendo, também ficaria bravo se alguém generalizasse os brasileiros no exterior”, concluiu Eduardo em seu tuíte.</p><!– contentFrom:cms –>
Fonte: Diário Catarinense