Em debate, França tenta ligar Temer a Skaf, que diz que não tem padrinhos

<p>O governador de São Paulo, Marcio França (PSB), tentou ligar a imagem do presidente Michel Temer ao candidato do MDB ao Palácio dos Bandeirantes, Paulo Skaf, durante o debate da Band, na noite desta quinta-feira, 16.</p><p>Em pergunta sobre a troca de partido de Skaf, que já foi do PSB e se filiou ao MDB em 2011, França questionou o empresário se ele se sentia confortável ao entrar em uma legenda com casos de corrupção como da “mala de Geddel (Vieira Lima, ex-ministro de Temer)” e que foi responsável por “falir o Estado do Rio de Janeiro”.</p><p>Skaf rebateu e disse que não teve padrinhos na política. Ele também não citou o presidente Temer. “Outras histórias não fazem parte da minha”, disse.</p><p>Em dobradinha com Marcelo Cândido (PDT), Lisete Arelalo (PSOL) criticou veladamente Skaf. “Tem gente que diz que não tem padrinho, mas a gente sabe que não é por aí”, afirmou.</p><!– contentFrom:cms –>
Fonte: Diário Catarinense