Festas de fim de ano vão injetar R$60 bilhões na economia

As vendas de natal devem injetar R$60 bilhões na economia no setor de comércio e de servicos. A estimativa é da pesquisa feita pela Confederação Nacional dos Lojistas e do Serviço de Proteção ao Crédito e divulgada nesta quarta-feira.

 

Para se ter uma ideia da importância da data para o comércio, a cifra é próxima às vendas somadas dos Dias dos Pais, do Dia das Mães, dos Namorado e das Crianças.

 

No centro de comércio popular na Lapa, zona Oeste de São Paulo, a vendedora online Daniele Araujo dos Santos, disse que além de presentear a família, pretende entregar lembrancinhas para ao menos 10 outras pessoas nesse natal.

 

Por sua vez a recepcionista Gleicyane Domingues Araújo falou que pretende presentear quatro pessoas nas festas de fim de ano.

 

Mas a dona de casa Janete Uffo, falou que não pretende comprar presentes este ano, para pagar as contas de janeiro.

 

De acordo com a pesquisa do Confederação e do SPC, Janete faz parte dos 7% que não pretendem fazer compras no fim deste ano. Por outro lado, 77% dos consumidores falaram que pretendem presentear alguém neste fim de ano. Para Marcela Kawauti, economista chefe do SPC a previsão das vendas deste fim de ano indica estabilidade leve viés positivo com relação aos dados do ano passado.

 

Para quem pretende comprar presentes a recomendação da economista é pesquisar muito antes de fazer as compras e pagar à vista sempre que for possível para não comprometer as contas e despesas obrigatórias do início de 2020.

Fonte: Rádio EBC