Grandes empresários dos EUA pedem regularização de 'Dreamers'

<p>Dezenas de grandes empresários pediram nesta segunda-feira (11) para os congressistas americanos regularizarem centenas de milhares de jovens imigrantes ameaçados de expulsão, para que possam viver e trabalhar legalmente no país.</p><p>Chamados de “Dreamers”, chegados aos Estados Unidos com seus pais indocumentados, “são nossos amigos, vizinhos, colegas. Eles não deveriam estar esperando falhas da Justiça para saber o seu destino quando o Congresso pode agir agora”, disseram empresários em uma carta dirigida a Nancy Pelosi, presidente democrata da Câmara dos Deputados, e Mitch McConnell, líder da maioria republicana no Senado.</p><p>Os signatários lideram empresas de diferentes áreas, embora a maioria pertença ao setor de tecnologia e tenha sede no Vale do Silício. Eles incluem Tim Cook (Apple), Jeff Bezos (Amazon), Mary Barra (General Motors), Sundar Pichai (Google) e Doug McMillon (Walmart).</p><p>O magnata Stephen Schwarzman, diretor do Fundo Blackstone e amigo do presidente Donald Trump, também assinou a declaração.</p><p>”Chegou a hora de o Congresso votar uma lei que dê aos ‘Dreamers’ as garantias necessárias”, diz a mensagem.</p><p> * AFP </p><!– contentFrom:cms –>
Fonte: Diário Catarinense