'Green Book' é melhor filme para Sindicato dos Produtores dos EUA

<p>Apenas duas semanas depois de conquistar três Globos de Ouro, “Green Book – o guia” conquistou, no sábado (19), o prêmio de melhor filme do Sindicato dos Produtores (PGA), o que aumenta suas chances na corrida pelo Oscar.</p><p>A comédia dramática sobre direitos civis estrelada por Mahershala Ali e Viggo Mortensen venceu “Roma”, “Nasce uma estrela”, “A favorita”, “Pantera negra”, “Infiltrado na Klan”, “Podres de ricos”, “Um lugar silencioso”, “Vice” e “Bohemian Rhapsody”, o ganhador na principal categoria do Globo de Ouro.</p><p>”Green Book” narra a improvável amizade entre Don Shirley, um virtuoso do piano, e seu motorista, Tony Lip, durante um turnê pelo sul dos Estados Unidos da década de 1960, anos de forte segregação racial.</p><p>”Não preciso de prêmios”, disse o produtor e diretor Peter Farrelly, segundo a revista Variety.</p><p>”Isso é como Warren Buffett ganhando na loteria. Estou muito agradecido”, completou.</p><p>A vitória veio, apesar da recente polêmica em torno do filme, incluindo um tuíte contra os muçulmanos publicado pelo roteirista Nick Vallelonga em 2015. Na semana passada, ele se desculpou.</p><p>O mesmo Farrelly esteve na berlinda no início do mês, depois que vários jornais publicaram seu hábito de mostrar o pênis de brincadeira em 1998.</p><p>Entre outras categorias, o melhor filme de animação ficou com “Homem-Aranha: No Aranhaverso”; “The Americans” ganhou o melhor drama na televisão; e “The Marvelous Mrs Maisel”, o de série de comédia.</p><p>O PGA não tem a importância do Globo de Ouro, mas é uma referência mais precisa em relação ao Oscar. Este ano, as indicados serão anunciados em 22 de janeiro, e a cerimônia de entrega das estatuetas acontece em 24 de fevereiro.</p><p>Em 29 anos, os vencedores nas principais categorias de ambas as premiações coincidiram 20 vezes, como no ano passado, com “A forma da água”.</p><p> * AFP </p><!– contentFrom:cms –>
Fonte: Diário Catarinense