Honda vai dirigir seleção do Camboja

<p>A estrela japonesa Keisuke Honda se tornou técnico da seleção do Camboja, neste domingo, e vai dividir seu tempo entre jogador do Melbourne Victory e treinador.</p><p>Honda, de 32 anos e ex-jogador do Milan, foi apresentado em Phnom Penh.</p><p>”Quero ajudar o Camboja a desenvolver um autêntico estilo de jogo”, disse o japonês, contratado por duas temporadas e que não vai receber pela função.</p><p>Honda indicou que vai utilizar vídeo conferências enquanto disputa a temporada australiana e vai passar todo o tempo possível no Camboja quando seus compromissos o permitirem.</p><p>”A Federação de Futebol do Camboja está feliz que Honda aceitou de maneira voluntária ajudar a dirigir o time nacional”, indicou o presidente da entidade, Sao Sokha.</p><p>Não será a primeira experiência de Honda no país. O japonês tem uma academia de futebol em Phnom Penh desde 2016.</p><p> * AFP </p><!– contentFrom:cms –>
Fonte: Diário Catarinense