Jihadistas matam doze civis em Burkina Faso

<p>Doze civis morreram na quinta-feira em um ataque terrorista contra Gasseliki, localidade da região do Sahel no norte de Burkina Faso, anunciou nesta sexta-feira o ministério da Segurança.</p><p>”Um grupo de trinta indivíduos armados realizou em 10 de janeiro de 2019, no meio do dia, um ataque terrorista contra a localidade de Gasseliki […]. Este ataque deixou doze mortos e dois feridos”.</p><p>Gasseliki está em uma região palco de recorrentes ataques jihadistas.</p><p>”Um silo, uma carreta e seis lojas foram incendiados (…), e os terroristas se embrenharam rapidamente na mata”.</p><p>”O grupo de terroristas saqueou lojas e atirou contra as pessoas que estavam reunidas para o mercado semanal”, disse à AFP uma fonte local.</p><p>Burkina Faso enfrenta há três anos ataques jihadistas cada vez mais frequentes e mortíferos, sobre tudo no norte do país.</p><p> * AFP </p><!– contentFrom:cms –>
Fonte: Diário Catarinense