Justiça liberta mais um investigado na operação que prendeu Temer

A desembargadora Simone Schreiber, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, concedeu habeas corpus para Carlos Jorge Zimmermann, um dos presos na Operação Descontaminação, na qual também foram detidos o ex-presidente da República Michel Temer e o ex-ministro Moreira Franco.

 

Na decisão, tomada nesse domingo (24), a magistrada estendeu a Zimmermann os efeitos da liminar concedida, no sábado (23), a Rodrigo Castro Alves Neves. A desembargadora entendeu que a situação dos dois, que estavam em prisão temporária, é diferente da dos demais detidos na operação, que estão presos preventivamente.

 

Ela alegou ainda que o prazo de cinco dias da prisão temporária não era justificável e que a decretação desta com a finalidade exclusiva de compelir o réu a agir de forma contrária aos seus próprios interesses legítimos, no exercício de sua defesa, viola frontalmente a Constituição Federal.

 

Os pedidos de habeas corpus dos outros presos na Operação Descontaminação, incluindo os de Temer e Moreira Franco, serão julgados na quarta-feira (27), pela Primeira Turma Especializada do Tribunal Regional Federal da 2ª Região.

Fonte: Rádio EBC