Nadal-Tsitsipas e Djokovic-Schwartzman fazem as semifinais em Roma

<p>Os dois principais favoritos, Novak Djokovic e Rafa Nadal, primeiro e segundo do mundo, se classificaram nesta sexta-feira para as semifinais do Masters 1000 de Roma, onde vão enfrentar Diego Schwartzman e Stefanos Tsitsipas, respectivamente.</p><p>Em uma jornada marcada na capital italiana pelos abandonos de Roger Federer (lesão na perna direita) e da número 1 do mundo Naomi Osaka (mão direita), Djokovic quase se despediu em uma partida que acabou na madrugada e teve até que salvar dois ‘match points’ para vencer o argentino Juan Martín Del Potro, nono do ranking, por 4-6, 7-6 (8/6) e 6-4.</p><p>Apesar de sua derrota, Del Potro, que pouco jogou em 2019 após sua fratura de rótula na parte final da última temporada, teve uma grande semana, o que reforça sua confiança a dez dias de Roland Garros.</p><p>Djokovic vai enfrentar Schwartzman (de 26 anos e 24º do ranking), que havia vencido o japonês Kei Nishikori, sexto do ranking da ATP, por 6-4 e 6-2, para alcançar sua primeira semifinal em Masters 1000.</p><p>No outro confronto, Rafa Nadal (2º) terá sua revanche contra Stefanos Tsitsipas (7º), seu carrasco em Madri.</p><p>As semifinais até agora têm sido o teto de Nadal na temporada europeia no saibro, já que também perdeu nessa fase em Montecarlo e em Barcelona.</p><p>”É bom voltar às semifinais e conseguir três vitórias seguidas”, declarou o número 2 do mundo depois de vencer nas quartas de final seu compatriota Fernando Verdasco (38º) por 6-4 e 6-0.</p><p>”É minha quinta semifinal seguida. Em Indian Wells não pude jogar. Depois vieram as de Montecarlo, Barcelona e Madri, que perdi. Mas estar aí outra vez quer dizer que estou jogando em um bom nível”, avaliou.</p><p>A dez dias do início de Roland Garros, Nadal conseguiu frear Verdasco, que teve três chances de quebrar o saque do astro com um empate em 4-4.</p><p>Depois disso Nadal acelerou e conseguiu vencer oito games seguidos, enquanto que Verdasco parecia perder suas energias.</p><p>- Federer abandona -</p><p>Oito vezes campeão em Roma, inclusive a do ano passado, Nadal terá como adversário nas semifinais o grego Stefanos Tsitsipas, que vai jogar mais descansado, já que se classificou sem jogar, devido ao abandono de Federer.</p><p>Tsitsipas derrotou Nadal no último fim de semana nas semifinais de Madri e depois o grego venceu Djokovic na final.</p><p>”Sei o que aconteceu em Madri. Conheço as soluções, mas executá-las não é fácil. A teoria sempre é mais fácil”, disse Nadal, sorrindo.</p><p>”Simplesmente tenho que jogar bem. Se eu conseguir, tenho boas chances. Se jogar mal, não terei nenhuma chance, ou quase nenhuma”, acrescentou.</p><p>Sobre seu futuro adversário, de 20 anos e sétimo do mundo, o rei do saibro garantiu que não está surpreso com seu grande momento.</p><p>”É normal que tenhamos jovens no auge. É um bom jogador. Cada ano faço prognósticos com minha equipe sobre quem estará no Top 10 no final da temporada. Eu coloquei o Tsitsipas. Não sou um gênio, simplesmente é um claro candidato. Aliás, ele começou o ano melhor do que eu pensava”, continuou.</p><p>No torneio feminino, a holandesa Kiki Bertens (4ª) aproveitou o abandono por lesão de Naomi Osaka para chegar às semifinais, onde vai enfrentar a britânica Johanna Konta (42ª), que venceu em três sets (6-3, 3-6, 6-1) a tcheca Marketa Vondrousova (44ª).</p><p>Já outra tcheca, Karolina Pliskova (7ª), se classificou para as semifinais ao vencer a bielorrussa Victoria Azarenka (51ª) por 6-7 (5/7), 6-2 e 6-2.</p><p>Allí Pliskova vai enfrentar grega Maria Sakkari (39ª), que venceu a francesa Kristina Mladenovic (63ª) por 5-7, 6-3 e 6-0.</p><p> * AFP </p><!– contentFrom:cms –>
Fonte: Diário Catarinense