Navio brasileiro ajudará nas buscas por avião chileno

O navio polar brasileiro Almirante Maximiano se deslocou, ainda na madrugada desta terça-feira (10), para o possível local de queda do avião militar chileno Hércules C130.

 

A aeronave saiu de Punta Arenas, sul do Chile, com 38 pessoas a bordo, e com destino a uma base na Antártica, na tarde dessa segunda-feira (9). Duas horas após a decolagem, perdeu contato com as autoridades chilenas.

 

De acordo com a Marinha do Brasil, o navio brasileiro, estava em missão oficial na região Antártica e deve chegar por volta das 7h40 de quarta-feira (11) na área apontada como local da queda.

 

Nesta manhã, o presidente Jair Bolsonaro, afirmou que conversou com o presidente do Chile, Sebastián Piñera e ofereceu ainda ajuda de aeronaves brasileiras.

 

As aeronaves disponibilizadas pela Força Aérea Brasileira são um SC-105 e P3 , utilizadas em operações de busca e salvamento, dotadas de sensores infravermelhos e equipadas com recursos de varredura eletrônica, dentre outras possibilidades.

 

De acordo com o Ministério da Defesa, no momento, o governo chileno avalia a necessidade do emprego das aeronaves.

Fonte: Rádio EBC