PF desarticula grupo que fraudava contratos em prefeituras paraenses

Nesta sexta-feira (9), operação conjunta entre Polícia Federal (PF), Receita Federal e Controladoria-Geral da União (CGU) busca desarticular organização criminosa que atuava fraudando licitações e desviando recursos públicos federais em prefeituras paraenses desde 2013.

Estão sendo cumpridos nove mandados de prisão temporária, 30 mandados de busca e apreensão, entre outras medidas judiciais.

Segundo a Polícia Federal, as investigações começaram no ano passado e mostram que o grupo criava empresas de fachada para participarem de processos licitatórios e realizar contratos com as prefeituras.

 

Mais de R$ 40 milhões foram desviados de recursos públicos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica, Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação e SUS, por exemplo.

 

Ainda de acordo com as investigações, quase a totalidade dos produtos vendidos para as prefeituras não foram entregues e pode indicar participação de funcionários públicos municipais e gestores.

 

Os investigados vão responder por associação criminosa, peculato, corrupção ativa e passiva, falsidade ideológica, fraude em licitações, dispensa indevida de licitação e lavagem de dinheiro.

Fonte: Rádio EBC