Pré-candidato democrata à presidência dos EUA se fere ao cair no banheiro

<p>O senador Bernie Sanders, pré-candidato do Partido Democrata às eleições presidenciais dos Estados Unidos de 2020, ficou ferido após cair enquanto tomava banho nesta sexta-feira, informou a porta-voz do representante do estado de Vermont, acrescentando que o legislador já retomou a agenda da campanha.</p><p>O senador “se cortou na porta do box do banheiro e, por precaução, foi a um centro médico onde recebeu sete pontos na cabeça”, explicou Arianna Jones, citada pela imprensa americana.</p><p>Após o incidente, “o senador participou de todos os eventos previstos na agenda”, acrescentou.</p><p>Um desses compromissos foi uma mesa redonda na Carolina do Sul sobre a sistema de saúde, na qual foi filmado com um grande curativo na testa.</p><p>Este acidente pode contribuir para alimentar as dúvidas sobre as possibilidades do político de 77 anos de conseguir a indicação dos democratas, entre uma grande quantidade de adversários mais jovens, para concorrer à Casa Branca</p><p>A saúde dos candidatos virou um grande tema de atenção para o eleitorado americano no início da corrida presidencial.</p><p>Na campanha de 2016, o então candidato republicano Donald Trump insistiu que sua adversária democrata Hillary Clinton tinha pouca “energia” para ocupar o cargo, e um mal-estar da ex-secretária de Estado durante uma cerimônia pelos atentados de 11 de Setembro contribuiu para alimentar as críticas.</p><p>Faltando pouco mais de um ano para a definição do novo presidente dos Estados Unidos, a lista de pré-candidatos democratas reúne 15 nomes, sendo o mais jovem Tulsi Gabbard, de 37 anos, legisladora da Câmara de Representantes pelo estado do Havaí.</p><p>Sanders, líder da esquerda do partido e que já foi pré-candidato em 2016, está em primeiro na lista de preferência dos eleitores democratas, segundo pesquisas que refletem neste momento a notoriedade dos competidores pela indicação do partido.</p><p>Outro nome popular que pode integrar a lista de pré-candidatos é de Joe Biden, de 76 anos, que foi vice-presidente no governo Barack Obama.</p><p>Caso um deles consiga ocupar o cargo mais importante do país, será batido o recorde de presidente mais velho a exercer a presidência americana. Esta marca pertence ao atual ocupante da Casa Branca, Donald Trump, que foi empossado quando tinha 72 anos.</p><p> * AFP </p><!– contentFrom:cms –>
Fonte: Diário Catarinense