PrevBbarcos ampliam cobertura nas comunidades ribeirinhas, no Amazonas

PrevBarcos ampliam cobertura em localidades onde a população, na maioria ribeirinhos, tem dificuldades para se deslocar até uma unidade fixa do INSS. 

 

Em 2018 e 2019, duas embarcações concederam mais de 9% dos benefícios pelo INSS – o Instituto Nacional do Seguro Social no estado do Amazonas.

 

Estudos do INSS demonstram que a presença das embarcações ampliaram a cobertura previdenciária em localidades onde a população, na maioria ribeirinhos, teria dificuldades para se deslocar até uma unidade fixa do INSS.

 

O analista de Normas e Gestão de Benefícios da Superintendência Regional do INSS para as Regiões Norte e Centro-Oeste, Luiz Fernando Zocca, afirma que o maior entrave do reconhecimento de direitos das populações ribeirinhas é a questãodo acesso.

 

Segundo o analista, o Amazonas é o estado mais afetado pela ausência de postos do INSS. O projeto PrevBarcos foi interrompido em 2014 e foi retomado no ano passado. De acordo com o INSS, para 2020, os PrevBarcos do Amazonas preveem uma navegação de mais de sete mil milhas náuticas, ao longo do ano. 

 

 

Serão percorridos os Rios Juruá, Purus, Solimões, Madeira e Amazonas e alguns afluentes menores do rio Amazonas. O projeto também leva embarcações ao Pará e a Rondônia.

Fonte: Rádio EBC