Público da Rio 2016 reclama da falta de metrô de madrugada

O público que assiste aos últimos jogos de vôlei, que começam às 22h30 e só terminam de madrugada tem se deparado com um problema após à meia-noite: o metrô de portas fechadas.

É o caso da turista Maria Ferreira, que reclamou.

Os jogos de vôlei ocorrem no Maracanãzinho, que fica na zona norte do Rio. O metrô é o principal meio de transporte para esse público. No entanto, a linha 2, que atende essa região da cidade finaliza as atividades à meia-noite.

Para a aposentada Teresinha Neves, a empresa deveria estender o horário de funcionamento.

Quem tem ido às arenas no Parque Olímpico, na Barra da Tijuca, zona oeste, encontra a mesma dificuldade na hora de voltar para casa após as finais da natação.

A opção para esses torcedores é o serviço especial do BRT, que liga a estação Jardim Oceânico até a Central do Brasil.

Em nota, o Metrô Rio informou que os horários estabelecidos para cada linha foram definidos em conjunto com o Comitê Olímpico, que elaborou um estudo de fluxo de demanda.

O Comitê Organizador afirma que cabe ao Metrô definir os horários e a quantidade de trens em funcionamento.

Fonte: http://radioagencianacional.ebc.com.br/rss/ultimasnoticias/feed.xml