Rio Branco vai exigir caderneta de vacinação em dia no ato de matrícula de crianças na rede pública

Em Rio Branco, no Acre, os pais de alunos de escolas da rede pública estadual ou municipal devem apresentar caderneta de vacinação em dia, durante o ato de matrícula e rematrícula das crianças para o ano letivo de 2020.

O motivo da exigência é o baixo desempenho do estado nas metas de imunização previstas pelo Ministério da Saúde.

No caso da tríplice viral, por exemplo, que combate doenças como o sarampo, dados do Ministério da Saúde apontam que Acre, Amazonas, Roraima e Pará possuem os maiores percentuais de municípios onde a cobertura está abaixo de 90%.

Para elevar a cobertura vacinal na capital Rio Branco, Ministério público do Acre e gestores estadual e municipais sugeriram como estratégia a caderneta atualizada.

De acordo com o governo do estado, a exigência será direcionada principalmente a alunos do ensino infantil e primeiro ciclo do ensino fundamental. Estando o documento desatualizado, os pais serão orientados a procurar a unidade de saúde mais próxima.

Durante coletiva, nessa quinta-feira, o secretário de Saúde de Rio Branco, Oteniel Almeida, informou que a Prefeitura vai garantir equipes de saúde nas escolas municipais para facilitar a vacinação.

O grupo de trabalho interinstitucional ainda estuda outras estratégias para ampliar a cobertura vacinal. Entre elas, a busca ativa das crianças e até acionamento de órgãos como o Conselho Tutelar e o próprio Ministério Público, nos casos de omissão dos pais.

Fonte: Rádio EBC