STF aprova orçamento de 2020 sem aumento salarial para ministros da Corte

Ministros do Supremo Tribunal Federal não terão reajuste salarial previsto para 2020. O orçamento da corte, aprovado nessa quarta-feira, fechou em quase 687 milhões de reais.

 

O valor é cerca de 92 milhões de reais menor do que do ano passado, e foi reduzido para se adequar ao teto de gastos – publicado em 2016 e que concedia ao poder judiciário um prazo de 3 anos para se adequar.

 

Apesar da redução, o tribunal previu no orçamento verbas para revitalizações na Corte e para a contratação de terceirizados, que atuam em áreas como limpeza, segurança e comunicação.

 

Agora, a proposta de orçamento aprovada pelo STF será encaminhada ao Poder Executivo para ser integrada ao Projeto de Lei Orçamentária, que será apreciado pelo Congresso Nacional.

 

Vale lembrar que esse ano, os salários dos ministros do Supremo subiram de R$ 33 mil para R$ 39 mil. O aumento, que foi confirmado pelo Congresso, causou um efeito cascata na administração pública, já que essas remunerações servem como teto para o pagamento de todos os servidores.

Fonte: Rádio EBC