Temer diz ter recebido com satisfação acordo sobre desconto de ICMS no diesel

<p>O presidente Michel Temer disse nesta sexta-feira, 25, ter recebido com satisfação a notícia do acordo do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) para aplicar na base de cálculo do ICMS o desconto de 10% no preço do diesel anunciado nesta semana pela Petrobras.</p><p>A estimativa do ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, é de que isso gere uma redução média adicional de R$ 0,05 no preço do combustível. O desconto dado pela Petrobras já reduziria o preço em R$ 0,25 e a eliminação da Cide sobre o diesel diminuiria em mais R$ 0,05. Ou seja, no total, as medidas baixariam o preço do diesel nas bombas em R$ 0,35 por litro.</p><p>”Recebo com muita satisfação essas conclusões do Confaz. Os Estados estarão em assembleia permanente até segunda-feira para aprovar essa medida”, disse Temer, em rápido pronunciamento na reunião. “Estamos praticamente eliminando a Cide e outras reivindicações dos caminhoneiros”, completou.</p><p>Temer aproveitou para relatar aos secretários o anúncio de que o governo convocou as forças federais de segurança para desobstruir as estradas.</p><p>”Esse movimento dos caminhoneiros está atingindo seu pico no dia de hoje. Esse pico acabou fazendo com que eu fizesse um pronunciamento. Alguns querem radicalizar e tentar impedir a livre circulação dos caminhoneiros, mas estou colocando todas as forças federais para garantir a livre circulação e abastecimento o País”, afirmou o presidente.</p><p>Ele voltou a pedir que os governos estaduais ajudem na liberação das estradas. “Se não for possível, forças federais irão garantir. Começamos com o diálogo, não exercemos a força porque não é do nosso feitio, mas agora vamos tomar as providências necessárias”, concluiu.</p><p>Após o pronunciamento, o presidente Temer deixou a reunião do Confaz, mas o encontro continua.</p><!– contentFrom:cms –>
Fonte: Diário Catarinense