Trabalhadores da CSN hospitalizados após explosão já foram liberados

A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), em Volta Redonda, na região sul fluminense, informou que já foram liberados os 20 trabalhadores hospitalizados após um explosão nessa quarta-feira (15).

 

Ainda de acordo com a empresa, os empregados receberam os primeiros atendimentos no serviço médico da prória CSN e foram encaminhados preventivamente para um hospital da região.

 

Todos apresentavam sinais de intoxicação por terem inalado pó no setor de conversão de ferro-gusa em aço.

 

Em nota, a siderúrgica informa que durante a retirada de resíduos de minérios houve uma reação química que provocou um deslocamento de ar, acompanhado por vazamento de poeira de difícil controle, que acabou sendo inalada por funcionários do setor.

 

Após um estrondo, era possível ver de longe uma nuvem de pó sobre a unidade da CSN em Volta Redonda. 

 

As causas do acidente ainda são investigadas mas, segundo a CSN, a maior probabilidade é que o contato de líquidos com pontos de umidade no interior do recipiente de descarte tenha causado a explosão. 

Fonte: Rádio EBC