Trump volta a falar em deportação em massa de imigrantes ilegais

O presidente Donald Trump reafirmou nessa quarta-feira (16) que fará deportações em larga escala de imigrantes indocumentados.

Durante uma reunião com autoridades da cidade da Califórnia, Trump causou polêmica ao chamar de “animais” um grupo de imigrantes ilegais membros da gangue Marasalvatrucha “MS-13”.

A organização criminosa surgiu em Los Angeles nos anos 1980 e hoje atua internacionalmente, com ramos em diversas partes dos Estados Unidos, Canadá, México, e América Central.

Ao dizer que o grupo era formado de pessoas criminosas, ele usou o palavra “animais” para chama-las de ruins. Ele culpou a falta de uma legislação eficaz.

Trump pressiona a Califórnia para cooperar mais com os agentes de imigração. A Califórnia é um estado-santuário que se opõe de maneira direta à política migratória de Trump.

Lá as autoridades locais têm se recusado a cooperar com agentes de imigração em casos de deportação. A economia da Califórnia depende essencialmente de imigrantes indocumentados e o estado é o mais rico do país, com PIB comparado ao da Itália.

Além das cidades da Califórnia, outras como Nova York, Chicago, Seattle, Austin, Boston, Houston, San Francisco, Denver e Miami estão entre as consideradas cidades santuário.

Fonte: Rádio EBC