Washington contempla 'novas sanções' contra Irã

<p>O conselheiro de segurança da Casa Branca, John Bolton, garantiu nesta sexta-feira que os Estados Unidos podem adotar novas sanções contra o Irã. após ter entrado em vigor, nesta semana, uma segunda rodada de medidas contra o setor do petróleo e financeiro.</p><p>”Acho que verão como novas sanções entrarão em vigor com a passagem do tempo e como uma aplicação ainda mais dura se produzirá”, disse Bolton durante coletiva de imprensa em Paris, onde participou no domingo da comemoração do fim da Primeira Guerra Mundial.</p><p>Após a saída unilateral dos Estados Unidos do acordo nuclear em maio, Washington impulsionou sanções contra a República Islâmica.</p><p>”O impacto das sanções tem sido bastante significativo: no nível econômico, a moeda iraniana está no chão, a inflação quadruplicou e o país está claramente em recessão”, disse Bolton.</p><p>”O objetivo ainda é reduzir as exportações iranianas de petróleo a zero. Trabalhamos com a Arábia Saudita, os Emirados Árabes e outros países produtores para garantir que a produção continue a subir e que os compradores históricos do petróleo iraniano não sejam prejudicados”, acrescentou.</p><p>O acordo nuclear foi alcançado em 14 de julho de 2015 entre o Irã, a Alemanha e os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU: Estados Unidos, China, Rússia, França e Reino Unido.</p><p> * AFP </p><!– contentFrom:cms –>
Fonte: Diário Catarinense